A Comida seguiu!

A Comida seguiu!

Já dizia o filósofo “DeMolay Chegou, a comida acabou”. Esse ditado é tão antigo quanto a formação da Ordem DeMolay. Quem aqui não tentou enxergar um DeMolay perdido atrás de uma montanha de comida em uma iniciação e ao final, ainda bater um lanchinho? Essa strateegia como dizem os Gregos, foi pensada lá no início.

O Reverendo Herbert E. Duncan, escrevendo o “Hi Dad!”, Relata a história da primeira vez que os 9 membros originais em 19 de fevereiro se encontraram com Frank S. Land onde fora servidos refrigerantes e sorvete. Ele conta sobre suas visitas subsequentes em seu escritório e o primeiro encontro, em 24 de março, de 31 meninos convidados pelos 9 originais para se tornarem membros. Essa história vem da memória do Primeiro Mestre Conselheiro, Gorman McBride, e de ter ouvido tio Land contar inúmeras vezes sobre o começo. Mas a fonte para reuniões posteriores vem do Livro de Atas do Capítulo. Normalmente, atas são apenas uma parte chata das reuniões – algo que temos que fazer. A Parte que nos alegra é que o Louis Lower, o primeiro DeMolay, também foi o primeiro escrivão, e ele levou o seu trabalho a sério. É através das atas que sabemos o que aconteceu em cada uma das primeiras reuniões do Capítulo à medida que crescia e se desenvolvia. As seguintes linhas em itálico são das primeiras atas escritas:

A ata da reunião de 1º de abril é curta. Apenas negócios essenciais foram registrados. O Sr. Land e o Presidente McBride deram algumas “palestras”, mas nenhum detalhe foi incluído para saber exatamente o que eles disseram.

Oito dias depois de escolher o nome, “DeMolai Council”, na segunda reunião informal de 31 garotos na segunda-feira, 24 de março, Louis Lower parecia não saber soletrar, porque ele digitou duas vezes, DeMalia.

“O presidente convocou a reunião para entrar em ordem…” Não havia nenhum ritual, nem mesmo um formato para as reuniões ainda. Não havia oficiais. Gorman McBride foi escolhido por Tio Land para ser o primeiro líder do grupo e Louis Lower foi escolhido para ser o primeiro Secretário. Por quê? Tio Land conhecia eles e suas habilidades. Louis trabalhava para ele – ele sabia que suas habilidades o tornariam ideal para a cuidadosa manutenção de registros que uma nova organização precisava. McBride era filho de George McBride, um bombeiro do Corpo de Bombeiros de Kansas City, e membro do Clube de Rito Escocês dos Bombeiros e Policiais que Land havia organizado. Ele conheceu o jovem Gorman em várias ocasiões e sabia que ele tinha habilidades de liderança.

“O clube concordou que às 19h45 seria o horário regular para convocar a reunião e a terça-feira como a noite da reunião regular.” Para continuar a idéia de um clube, era preciso estabelecer uma estrutura básica. Selecionado o nome do clube? Feito! Data e hora da reunião escolhida? Feito! Oficiais eleitos? Não tão rápido – talvez nós queiramos pensar sobre isso! Assim, a discussão posterior foi encerrada pela primeira moção registrada na história da Ordem de DeMolay.

“Foi aprovado que o programa procedesse imediatamente.” Os meninos estavam fartos da conversa sobre organização. Ou talvez eles quisessem conversar entre si sobre quais oficiais deveriam ser selecionados, como e, o mais importante, quem. Então, isso foi efetivamente engavetado até a próxima reunião por moção para apenas “seguir em frente”. Era hora de alguma diversão, que incluiu um solo, uma leitura e músicas de um quarteto.

“As comidas se seguiram.” Sim, a comida sempre foi uma parte importante das reuniões DeMolay. Refrescos, ou visitas a uma pizzaria a caminho de casa, são quase uma exigência para manter os membros engajados e continuarem a voltar.

  1. O seu capítulo tem seu conjunto completo de atas? Alguém já leu ou até as viu? Você acha que pode aprender alguma coisa sobre a história do SEU Capítulo olhando através das atas?
  2. Você já participou de um novo capítulo, de um novo grupo na escola ou de um novo clube? Como sua experiência se compara a que os membros originais da Ordem DeMolay passaram?
  3. Você já esteve em uma reunião que parecia que nunca terminaria? Como você sobreviveu e o que aconteceu para finalmente acabar com ela?
  4. É apropriado fazer uma moção para adiar a reunião, mesmo que tudo na agenda não tenha sido coberto?

Leave a reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>