A Primeira Cruz do Fundador da História

A Primeira Cruz do Fundador da História

O Prêmio da Cruz do Fundador foi um reconhecimento pessoal de Dad Land para aqueles que prestaram serviços especiais a Ordem DeMolay. Ao todo foram apresentados somente 135* Cruz do Fundador entre o ano de 1937 até a morte de Dad Land em 1959. A Cruz do Fundador atualmente está oficialmente aposentada.

A primeira vez em que a premiação foi apresentada na história, ocorreu na cidade de Waco, Texas. Três foram os recipientes, que são: Alva Bryan, Robert Arthur, e Lee Dewey. 

Vamos nos a ter a uma pessoa dentre esses três, o Robert T. Arthur, que nasceu no Missouri em 1867. Sua familia mudou-se para Pilot Point, no condado de County, Texas, quando ele ainda era jovem. Pilot Point é o mais velho assentamento no condado de Denton. Arthur se formou nas escola Denton Normal School (hoje chamado de Univerdade do Norte do Texas). Ele chegou a trabalhar na escola como professor antes de se mudar para Denton e aceitar uma proposta de emprego em uma empresa de trens chamado Katy Railroad em 1889.

Carteira de Identidade da irmandade dos Condutores de Trem

Carteira de identificação da Ordem dos Condutores de Transportes Ferroviários.

Robert trabalhou durante 50 anos nesta empresa e ingressou aos 26 anos em uma Ordem chamada Ordem dos Condutores de Transporte Ferroviários (OCR), o ritual da OCR era bem semelhante a alguns rituais maçônicos, o que não era difícil encontrar na maioria de seus associados, membros de organizações fraternais.

O Jornal Deninson Press destaca o seguinte trecho em seu artigo em 22 de julho de 1941

O Senhor e senhora Arthur tem sido ativos na Ordem da Estrela do Oriente e na igreja Presbiteriana. O Senhor Arthur pertence a um numero de corpos maçônicos incluindo capítulos locais do Shrine. Hella Temple, Dallas, e é um maçom do grau 33, participando das atividades do grupo do grau 33 em Dallas. O Senhor Arthur organizou o capítulo DeMolay de Denison e é ativo nos assuntos do hospital Shrine em Dallas.

Nesse trecho fica claro seu envolvimento com a maçonaria e a Ordem DeMolay. Sua locomoção era facilitada por suas viagens de graça ou a preço reduzido pelo seu cargo importante na empresa de trens, o que viabilizava a visita constante em capítulos DeMolays e reuniões maçônicas em outras localidades.

O Capítulo em Denison, no Texas teve sua carta constitutiva concedida em 28 de janeiro de 1921, sendo o capítulo de número 200 do mundo.

foto do yearbook e breve história do capítulo

Foto do yearbook e breve história do capítulo

O capítulo até onde se sabe foi ativo de 1921 até os anos 60. O Ponto mais alto do capítulo foi em 1937 quando o tio Arthur recebeu a Cruz do Fundador das mãos do próprio Dad Land durante um conclave em Waco.

A Matéria do jornal da época, o Waco News datado de 18 de junho, 1937, diz a seguinte matéria sobre a entrega da Cruz do Fundador e Legião de Honra.

Jornal com matéria sobre a cruz do fundadorDeMolays recebem a mais alta honraria das mãos do fundador

Frank S. Land de Kansas City confere o Prêmio de Legião aos membros da Ordem de jovens

A 3 Wacoans foi dado premiação especial

Ao Alva Bryan, Robert Arthur e Lee Dewey foi entregue as cruzes em Reconhecimento de Trabalho

A Legião de Honra, a mais alta distinção que um DeMolay pode receber, foi conferida a cinco jovens homens do Texas ontem a noite por Frank S. Land de Kansas City, fundador da Ordem DeMolay. O Senhor Land também apresentou pela primeira vez na história da ordem, a sua Cruz do Fundador pessoal a três homens, Alva Bryan, Robert Arthur e Lee Dewey em reconhecimento ao seu fiel trabalho com DeMolay no Texas.

Aqueles que receberam a Legião de Honra por liderança destacada em um esforço meritório são os seguintes: Mandell H. Cline, Mexia; Elwood Henry Brown, Houston; Maxwell Goodman, Fort Worth; Randolph Jackson, Hillsboro, e Robert Lewis, Hillsboro.

[…]

Oficiais na Cerimônia

Os Oficiais que conduziram a cerimônia fora os seguintes: Come

Officers in Ceremony

Officers who conducted the ceremony were as follows: Comendador do leste, Frank S. Land; Comendador do oeste, James Blundell; Comendador do Sul, Pat Taggart; herald, Sidney Dobbins; Grande Mestre de Cerimônias, J. Floyd Smith; Grande Capelão, Jack H. Harrison; Primeiro Preceptor, R.L. Othling; Segundo Preceptor, Hugh Keahey; Terceiro Preceptor, George Denton; Quarto Preceptor, Billy Smith; Quinto Preceptor, George Lovell; Sexto Preceptor, Alva Bryan; e Sétimo Preceptor, Lee Glasgow de Cleburne.

Como parte da cerimonia de quinta a noite, o coral da igreja Batista Columbus Avenue, sob a direção de Harry Lee Spencer, cantou.

[…]

DeMolays de fora da cidade chegavam em trens e ônibus onde eram recebidos por Mack Byron, Bob Hyde, Pat Patterson, Billy Wigley, James Warner, e Edmund Avriett.

Esse evento marcou a primeira vez que Dad Land entregou a Cruz do Fundador. Foi uma honra para todos os presentes, para o estado do Texas e principalmente para aqueles que receberam das mãos de Land as Legiões de Honra e a própria Cruz do Fundador, restrita e certamente esses 135 entraram para a história.

Fato curioso

Em documentos oficiais do DeMolay International é expressado a seguinte informação:

1937 Primeira apresentação da “Cruz do Fundador” (total de 135 apresentados).

Já no artigo em que fiz a pesquisa afirma que foram 137 o total de cruzes entregues.

 

 

 

Comentários ( 2 )

  1. Igor Leitão
    Parabéns Alan por mais um belo trabalho.
  2. A melhor lição de todas – parte 2 – Soberanos Ideais
    […] a ele, pessoalmente. E, para transmitir a mensagem, a barra no topo da fita dizia LEALDADE. Leia aqui um post sobre a cruz do fundador e também sobre o leilão de uma dessas […]

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

Você pode usar esses HTMLs e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>