O Presente de Harry Truman a Ordem DeMolay

O Presente de Harry Truman a Ordem DeMolay

Em uma das visitas ao Centro de Serviços e Liderança, sede da Ordem DeMolay em Kansas City, MO. Tive várias oportunidades de conversar e descobrir muitas informações sobre a organização, em uma das conversas que tive com ex Diretores Executivos, foi sobre a proximidade de Frank S. Land com ex presidentes dos Estados Unidos, em especial Harry Truman.

Uma das peças apresentadas no museu, que por muito tempo fora, por falta de melhor adjetivo, tratado com menos zelo no prédio, é uma pedra utilizada na construção original da Casa Branca em Washington. Antes de chegarmos a falar sobre o presente pessoal do presidente Harry S. Truman a Frank S. Land e consequentemente a Ordem DeMolay, vamos nos contextualizar no tempo para entender a importância desse fato histórico.

Após décadas de uma manutenção precária, a Casa Branca (que nem sempre foi branca) localizada em Washington, DC. residência oficial do presidente dos EUA passou por profunda reforma entre os anos 1949 e 1952. Veja nas fotos abaixo seu interior totalmente destruído durante tal reforma.

A casa branca, construída entre 1792 e 1800, na realidade não era branca como hoje, mas sim marrom durante o século 19, a obra original era feita de tijolos marrons e chamado de Palácio Presidencial. O Apelido de Casa Branca veio somente em 1814, quando os ingleses tomaram a cidade de Washington e acabaram por incendiar muitos prédios oficiais que incluia o Palacial Presidencial. Na reforma (que ainda não é esse que mostrei aí em cima) o prédio foi pintado de branco, o apelido foi oficializado em 1902 pelo presidente Theodore Roosevelt.

Durante a reforma de três anos já no final da década de 1940, durante o mandato de Harry Truman, foi que ocorreu uma quebra de paradigma. O presidente se recusava a se mudar da casa, mesmo com risco de colapso, e então uma reconstrução foi contratada para ampliação e reforma. O custo total da obra foi de U$ 5,7 milhões.

Na época uma comissão do congresso sugeriu a demolição do prédio dando lugar a uma nova morada, mas Harry Truman defendeu dizendo: ” Talvez fosse mais econômico do ponto de vista financeiro destruir o prédio para reconstruí-lo completamente… Ao fazer isso, no entanto, seria destruído um edifício de importância histórica no crescimento da nação.”

Presente pessoal do presidente a Frank Land

Durante a reforma, Truman guardou algumas pedras que faziam parte das fundações do prédio, as pedras possuíam a impressão do Esquadro e Compasso maçônico em alusão a construção da nação por membros da maçonaria. Na placa acima lê-se a seguinte mensagem que foi entregue com uma dessas pedras a Frank Land:

CASA BRANCA – WASHINGTON
22 de novembro, 1952

Meu caro Frank,

Eu estou muito satisfeito em colocar nas suas mãos, como Fundador e Secretário Geral daquela magnífica organização devotada ao avanço da juventude de nossa nação. conhecida como Ordem De Molay Internacional, uma das pedras da fundação removidas das paredes da Casa Branca durante a sua restauração e reconstrução.

É com meu mais sincero remorso que os serviços da Presidência me impedem de entregar essa pedra a você pessoalmente, portanto, eu estou pedindo que a apresentação seja feita pelo Coronel William E. Schooley 33º, Past Grão Mestre dos maçons do Distrito de Columbia.

Cada Grão Mestre da Grande Loja dos maçons nos Estados Unidos da América tem alocado uma dessas pedras, bem como, os corpos do Norte e do Sul do Rito Escocês Antigo e Aceito, junto com a minha própria loja em Grand View, Missouri.

É interessante e histórico que essas pedras exibam uma “assinatura” maçônica ou uma marca dos construtores da Casa dos Presidentes, erigida há quase um século atrás. Isso evidencia o número de membros maçons que trabalharam nos tempos da formação de nossa República nesse projeto que alinha tão intimamente a maçonaria com a formação de nosso país que eu sinto que a Ordem De Molay Internacional irá cuidar e preservar essa conexão entre a Fraternidade com os princípios e ensinamentos inculcados em nossos jovens através da sua excelente organização, e aqueles princípios de liberdade que guiam e protegem todos que possuem a distinção da cidadania Americana.

Com os meus melhores cumprimentos pessoais,

Sinceramente e fraternalmente,

Harry Truman.

Junto com essa placa, Frank Land recebeu a pedra mencionada que pode ser encontrada no museu da Ordem DeMolay na sede da organização em Kansas City

Lenda urbana

Continuando a conversa com o Diretor Executivo na sede do DI, meados de 2014/15, ele me contou uma história, que não consegui confirmar historicamente, mas que é interessante e eu considero uma lenda urbana por falta de evidência. Segundo ele, uma dessas pedras com o símbolo da maçonaria, adornam a lareira do salão oval da Casa Branca e, mesmo em dia quente de verão, o presidente durante a sua primeira reunião na sua residência, deve ascender a lareira e realizar o início do seu mandato, a simbologia disso, é que os anos subsequentes, regendo a nação, o presidente deverá guiar o país sob a luz da maçonaria e seus ensinamentos. Verdade ou não, é uma estória e tanto.

Leave a reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>